85 99156-8464
gnosefortaleza@gmail.com

Artigo do Blog

Leia o artigo a seguir
5 ago 2021

Precisa Mudar, Renascer? Aconchegue se no ventre de Gaia!

/
Postado por
/
Comentários0

PRECISA MUDAR, RENASCER? ACONCHEGUE-SE NO VENTRE DE GAIA!

Renascer no útero de Gaia é uma possibilidade de resgate da nossa conexão original e divinal para uma vida mais livre e feliz. Na verdade, nossa verdadeira natureza é plena, realizada e harmoniosa para com todos os Seres e irmãos filhos de Gaia, a Grande Mãe Terra.
A vida corrida, comprometida com as obrigações e lutas materiais, nos afasta da ligação com o que realmente somos em Essência. Envolvidos com as crises ilusórias do cotidiano, como que num nó no tecido da teia de nossa vida, nos emaranhamos cada vez mais em falsas crenças formuladas por ressentimentos, julgamentos, frustrações, traumas e incompreensões dos processos existenciais.
E a brutalidade na qual se encontra nossa sociedade, cheia de desigualdades e de consumo inconsciente, que sujeita suas meninas, mulheres e mães a um plano secundário, só nos afasta dos Divinos Valores da Mãe Primeva, dessas divinas vibrações arquetipais que podem nos Regenerar a alma.
Esses emaranhamentos vão se tecendo através das relações familiares, sociais, profissionais e até religiosas que construímos desde nossa ancestralidade até os dias atuais, e também desde nosso DNA até o Inconsciente Familiar e Social, os chamados campos morfogenéticos.
Felizmente, através da Gnose, podemos buscar o Conhecimento dos Mistérios da Terra e do Céu e encontrar a Sabedoria, desfazendo-nos não somente desses nós como também, através da Tomada de Consciência, auxiliando o Ser Humano a conseguir resgatar a religação com sua Essência Divina, como que num renascer para uma nova vida. É neste ponto que a técnica do Renascimento tem semelhança com a Gnose. Através do Renascimento, temos a possibilidade de revisitarmos nossa própria história, compreendendo as más impressões do passado, para que se possa reescrever esses acontecimentos de um ponto de vista mais consciente.
A Deusa Gaia, representação mitológica grega da Grande Mãe Terra, é também um dos aspectos do Eterno Feminino de Deus, a representação da Grande Progenitora de todo Ser Vivente deste planeta. Todo filho doente, carente, em prova, cansado ou machucado, sempre necessita do colo acolhedor, nutridor, sapiente e amoroso de sua Mãe. Contudo, como disse o sábio Samael Aun Weor, “quando o Filho se esquece de sua Mãe, se extravia no erro e cai em desgraça”. É assim que, na maioria das vezes de nossas existências, temos agido e acabamos por nos distanciarmos de quem mais poderia nos acolher, proteger, cuidar e ajudar: Nossa Grande Mãe, a Mãe de Todas as Mães – Gaia.
A representação da maternidade em nossas vidas pode ser reconhecida através das relações que temos com todas as mulheres do mundo e, em especial, devido às ligações e suas proximidades, com as avós, mãe, tias, irmãs, filhas, amigas, esposa, namorada, professora, médica, cozinheira etc.
A Gnose nos proporciona técnicas muito eficazes para revisitarmos, vermos sob outros ângulos, revalorizarmos e desemaranharmos (tornarmos resolvidos e fluidos) os relacionamentos que todos temos com “as mulheres de nossas vidas”.
Também podemos perceber o Eterno Materno de Deus no alimento que a Mãe Terra nos provê e no cuidado que todas a fêmeas das milhares de espécies existentes têm com suas crias. Podemos ver essa manifestação materna, ainda, até na natureza amorosa e cuidadora de homens especiais, aqueles que alcançaram os Mistérios do Feminino, como um amoroso Francisco de Assis cuidando dos leprosos ou um sábio Jesus pedindo à Magdalena que, através de seu Verbo maternal, expusesse a todos os discípulos a Sabedoria do Pleroma (Plenitude Edênica), como exposto no Livro Gnóstico de Pistis Sophia.
É por isso que voltar ao útero de Gaia, para sentirmos novamente a conexão com o maior amor que existe em nós, é urgente e é a forma mais direta de revertermos um caminhar de equívocos que só tem trazido sofrimento ao filhos da Terra.
Quando começamos a observar e viver a manifestação dos Eternos Masculino e Feminino de Deus dentro de nós, não só em devoção mas também em ações equilibradas e equilibrantes, podemos Renascer no que precisarmos e nos Reconectar com a Sagrada Energia do “Duo-in-Uno” da criação, onde está manifesta nossa Amada Mãe Divina que nos inspira a reconhecer a Majestade de Gaia !
“Ela, tua Mãe, tudo ouve, tudo sente e sempre te acolhe…”

Alessandra Espineli Sant´Anna é engenheira, mãe e líder gnóstica