85 99156-8464
gnosefortaleza@gmail.com

Artigo do Blog

Leia o artigo a seguir
1 jan 2014

O Mistério da Super-Mulher

/
Postado por
/
Comentários0

O MISTÉRIO DA SUPER-MULHER

 

 A verdadeira Mulher, aquela que vem do fundo das eras, a mulher que foi dada ao mundo para recriá-lo, pertence inteiramente a um Universo estranho a ele. Ela cintila no outro lado da Criação. Ela conhece o segredo das águas, das pedras, das plantas e dos animais. Ela fixa o amor do Sol e vê claro na noite. Ela possui a chaves da saúde, da latência e das harmonias da matéria. É fada de olhos transparentes, que junto com o homem aspira reconstruir o paraíso terrestre.  Ela é a fonte de virtude.
É nela onde Deus semeia os verdadeiros Homens. Ela os devolve ao seu verdadeiro trabalho, que é elevar-se o máximo possível acima de si mesmo.
A Doutrina do Cristo, do Salvador do Mundo é o Amor recíproco, o cumprimento da Lei e dos Mandamentos Divinos, sem diferença de sexos. A compreensão profunda desses ensinamentos exige a  participação mútua nos benefícios brindados pela Mãe  Natureza e também a equanimidade dos direitos humanos, sociais e conjugais.
Com os ensinamentos Crísticos não se parcializam nem o bem e nem o mal, nem a riqueza e nem a pobreza, nem a sabedoria e nem a ignorância, e é certo dizer que ambos, homem e mulher, devem responder pelas mesmas responsabilidades e receber os mesmos benefícios e direitos em todas as atividades da vida.
O personagem Super-Homem nos desenhos e filmes se mostra forte e com poderes, muitas vezes inseguro com suas origens e fraquezas humanas. Já o arquétipo iniciático do Super-Homem nos ensina que o maior poder é aquele da superação contra si mesmo, contra suas próprias fraquezas, contra seu ego. No paradigma divino da Super-Mulher o que ressalta não é a força ou os poderes, mas sim a  Fortaleza… Isso mesmo: o Super-Homem tem a força; a Super-Mulher é Fortaleza: serena, centrada, misteriosa, discreta, sábia, a ser desvelada.
O caminho da auto-superação, sem dúvida, é um caminho árduo: é necessário ser Super-Homens e Super-Mulheres para percorrê-lo. Tanto Mestres como Mestras tiveram ao seu lado companheiros de almas fortes e determinados; tornando-se cúmplices no amor e no retorno ao Creador.
Todas as Super-Mulheres que viveram neste mundo demonstraram qualidades inspiradoras que devem ser seguidas. Um grande exemplo é Clara de Assis. Nesta grande Super-Mulher vemos a doçura do servir, a Mãe que doa tudo de si pelos seus filhos, a companheira que compartilhou com seu amado Francisco um Trabalho Divino e revolucionário numa Idade de Trevas. Outro paradigma de Super-Mulher é Maria, com sua pureza virginal, sua Maternidade Celeste, sua compreensão para ver o próprio Rebento sacrificado na cruz. E há incontáveis outras Fortalezas Femininas: Joana D’Arc com sua força da fé, sua determinação, sua confiança, seu espírito guerreiro; Maria Madalena ensinando-nos o primeiro passo do futuro Adepto – o arrependimento; Helena Blavatsky mostrando-nos o que é disciplina, dedicação e sacrifício . Todos estes aspectos resumem-se em um: AMOR AO CASAL CELESTE!
Todas essas Super-Mulheres encontraram sua Natureza Divina vivendo na simplicidade e na humildade. Como mulheres “comuns” fizeram de seu dia-a-dia uma verdadeira oração.
Compreender os Mistérios da Mulher DEUS e vivê-los intensamente é construir a ponte que nos levará à Luz, ao Cristo.
Samael Aun Weor  exemplifica perfeitamente esse sagrado caminho, dizendo que :“a Iniciação é a própria vida retamente vivida.”

Heloisa Pereira Menezes – instrutora e presidente da AGB.