85 99156-8464
gnosefortaleza@gmail.com

Artigo do Blog

Leia o artigo a seguir
6 jul 2021

Gnose: não basta se autoconhecer, é preciso ser realmente feliz e colaborar para um mundo melhor!

/
Postado por
/
Comentários0

Gnose: não basta se autoconhecer, é preciso ser realmente feliz e colaborar para um mundo melhor !

A Divulgação do Ensinamento:

Neste mês de agosto de 2021 iniciaremos nossa 13ª turma do Curso de Gnose na Associação Gnóstica de Fortaleza – AGF, de modo online devido à necessidade de cuidados sanitários frente à pandemia. Neste formato de curso, com 27 aulas e um encontro por semana com práticas em todas as aulas, já são mais de 100 turmas (isso mesmo, uma centena) de treinamentos gnósticos ministrados ao longo de 36 anos em várias cidades do Brasil. Hoje oferecemos também o formato à distância, para permitir que mais pessoas usufruam dos tesouros gnósticos.
E a AGF não está só: há inúmeras instituições gnósticas que divulgam os ensinamentos de Samael Aun Weor, mestre estruturador da Gnose Contemporânea. Hoje há pelo menos uma instituição gnóstica em cada cidade brasileira com mais de 50.000 habitantes. São grupos de todos os tamanhos, divulgando e ensinando a Sabedoria da Síntese, o Conhecimento que leva à Autotransformação.

O que é Gnose ?

Mas afinal o que é Gnose ? Como ela pode nos ajudar na vida atual ? Quais valores ela pode nos transmitir em uma sociedade como a nossa: tecnológica, capitalista, consumista, digital e que vem se esquecendo dos atributos da alma ?
O maior tesouro da Gnose é nos dar consciência de nosso papel no mundo e de como podemos colaborar para fazê-lo melhor. Por isso que Gnose significa literalmente Sabedoria, Conhecimento Prático Superior, Tecnologia Divina para a evolução humana.
Na antiga Grécia a Gnose manifestou-se principalmente como um conhecimento filosófico superior, conquistado em revelação por méritos próprios, uma sabedoria do “pneuma” (espírito) e do “cosmos” (ordem natural) como um todo. Gnose na Grécia era sabedoria experimentada no Macrocosmo e no Microcosmo.
Quando a Gnose foi incorporada pelo cristianismo nascente, nos três primeiros séculos a nossa era, com os apóstolos e apóstolas fortemente influenciados pela filosofia grega (como Marcos, Magdalena, Marta e Paulo, por exemplo), o gnosticismo ensinou um conhecimento mais profundo das verdades dogmáticas, até dispensando a “crença sem comprovação ou lógica”, um nome mais apropriado para as esguias “verdades de fé”. Esses dogmas foram impostos pelas instituições humanas de poder, os quais deveriam ser aceitos pelos amedrontados fieis sem discussão ou investigação. Aqueles que não acatavam tais dogmas, os que ousavam pensar diferente, foram violentamente perseguidos como “perigosos hereges”. Foi o caso dos primeiros gnósticos cristãos.

Os Sete Princípios Gnósticos:

Neste século XXI podemos dizer que a Gnose se assenta em 7 grandes princípios, 4 deles ligados ao Conhecimento Humano e os outros 3 apontando diretamente para a Prática Gnóstica Moderna. Utilizando a Geometria Sagrada, podemos imaginar um templo grego sustentado por 4 colunas e mais o teto disposto como um triângulo, com uma viga horizontal e duas estruturas inclinadas encontrando-se numa cumeeira. Aí estão os 7 Princípios Gnósticos da Arquitetura do Espírito.
Os 4 pilares espistemológicos (do conhecimento) nos quais se sustenta a Gnose representam a terra, a materialidade (a Lei do 4). São eles a ciência, a filosofia, a arte e a mística. Toda e qualquer abordagem gnóstica moderna observa essas 4 visões de mundo: para a gnose nada pode ser contra a ciência ou não comprovável (por isso a Gnose é adogmática); tudo deve buscar a essência das inquietudes humanas (daí a ética e a metafísica filosófica gnóstica); nossa alma se expressa por símbolos e entende a linguagem da arte, com sua estética e harmonia, por isso as músicas clássicas, as grandes pinturas, esculturas e monumentos têm muito a nos ensinar – na arte há sabedoria; e, por último, a gnose vai além da religião (sistema humano para entender Deus), inclusive buscando a divindade além da própria espiritualidade (sede dos seres humanos pelo sagrado), ao enfatizar a mística gnóstica (experiência direta do divino) como alimento para a alma.
A cobertura triangular do Templo Gnóstico Interior representa o céu (a Lei do 3) e se expressa nos chamados Três Fatores para a Revolução da Consciência, entendendo-se a palavra Revolução no seu sentido original, de re-evoluir, transcender, ampliar, sair do estado limitante original. Esses 3 Fatores orientam a Via Iniciática Gnóstica, constituindo as ferramentas de que se vale o aspirante para trilhar o caminho: Morrer nos Defeitos Psicológicos, Nascer pela Transmutação das Energias Criadoras (sexuais) e Servir Desinteressadamente a Humanidade, cooperando com todos os seres.

Gnose: a arte da felicidade !

Na didática moderna da Gnose ensinada por Samael Aun Weor em seus mais de 80 livros, sempre com o objetivo de alcançar a Felicidade Integral do ser humano, esses 7 grandes princípios são conquistados não só pelo estudo teórico, mas principalmente pela realização constante de Exercícios Psicológicos e Espirituais. Tais práticas vão dos Mantras sagrados à Meditação Profunda; do estudo dos Sonhos à Projeção Astral; da lembrança de Vidas Passadas à busca de nossa Missão na vida atual; do conhecimento de nossos Karmas (dívidas perante a natureza) ao uso dos Darmas (virtudes dadas por Deus) para anular esses efeitos kármicos; da Psicologia do Autoconhecimento à Alquimia da Autotransformação; da caridade inconsciente ao Sacro-Ofício consciente de Servir ao próximo.
A meta da Gnose é a Autorrealização completa, mediante o Despertar da Consciência, em todas as áreas: espiritual, psicológica, familiar, social, profissional, física, mental, emocional… E com essas conquistas construirmos um mundo melhor, onde todos os seres possam se desenvolver e realizarem consciente e ativamente a Grande Obra de Deus.
Por isso a Gnose é a arte da felicidade, ao nos disponibilizar esses 7 princípios espirituais e nos ensinar a aplicá-los em nós mesmos, com trabalho interior constante, sem esperar milagres ou fantasiosas e fáceis graças divinas externas.
Agora convidamos VOCÊ a construir, dentro de si mesmo, este Templo de Sabedoria Gnóstica em 7 grandes partes.
O ensinamento gnóstico é o Projeto para que você seja o Construtor de Si Mesmo, de sua própria felicidade !
Inscreva-se no Curso de Gnose e comprove.

Sergio Linke é engenheiro e instrutor de Gnose